Nos últimos dias o Sinttel-PI recebeu várias denuncias de trabalhadores da empresa Vick Star, das mais diferentes naturezas, como: contra cheques atrasados, desconto indevidos, excessos nas punições, dificuldade de relacionamento com os gestores, alimentação, entre outros.

Diante das denúncias, representantes do Sindicato estiveram reunidos com os gestores da Empresa de Call Center para cobrar providências. Eles anotaram todas as reivindicações e prometeram corrigir o mais rápido possíveis as reclamações.

Trabalhador caso também tenha alguma denúncia, dúvida ou reclamação referente a Empresa procure o Sindicato que estaremos prontos para ouvir sua causa e lutar por melhorias!

* Os CONTRA CHEQUES referentes ao pagamento estão sendo distribuídos com atraso, segundo a Empresa é porque os mesmos estavam sendo impressos em São Paulo. Na reunião com o Sindicato ficou acordado que a partir do próximo mês a empresa entregará os contra cheques juntos com o pagamento.

* JORNADA DE TRABALHO: segundo os trabalhadores, está havendo desconto no salário dos trabalhadores em função de um erro no sistema de ponto da Empresa, assim o trabalhador registra o seu horário de chegada e por conta da falha no sistema não computava o horário correto, e vinha descontado no salário dos trabalhadores, que não tinham culpa nenhuma. A Empresa se comprometeu com o Sindicato que vai ajustar o sistema e ressarci o dinheiro dos trabalhadores que foram penalizados.

Atenção trabalhadores que foram penalizados por conta do sistema: tirem xerox do seu contra cheque e cobrem que a Empresa devolva a quantia descontada, caso haja recusa, o trabalhador deve procurar o Sindicato para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

* PUNIÇÕES: segundo os trabalhadores, a empresa por “qualquer motivo” está aplicando advertências escritas e suspensão por motivos banais. Algumas das advertências e suspensões são aplicadas sem qualquer critério. Os motivos das punições vão desde um questionamento sobre os procedimentos e um número de idas ao banheiro acima do que os supervisores entendem como necessário, até reclamações gerais, como falta por motivos de saúde ou pessoal, e o pior, sem nem ouvir o lado do trabalhador.

O Sindicato pediu que a Empresa não continuasse adotando essa postura de advertência escrita por falta, e sim que aplicasse as medidas legais da CLT que diz que o trabalhador pode faltar até 5 dias por mês, sendo descontado do seu salário os dias faltosos, sem prejuízos nas férias.

* RELACIONAMENTO COM GESTORES: outro ponto que vem gerando insatisfação entre os trabalhadores e o relacionamento de alguns supervisores, que muitas vezes, falam com tom autoritário, abusando do rigor, e até assediando moral e sexualmente alguns trabalhadores.

A Empresa acordou com o Sindicato que a Empresa faria um treinamento com todos os supervisores para repassar noções de cordialidade, urbanidade, para melhorar o relacionamento entre os supervisores e os trabalhadores.

* TICKET ALIMENTAÇÃO: os créditos estão sendo debitados fracionados, enquanto tinham que ser colocados todo de uma vez.

A Empresa se comprometeu com o Sindicato em corrigir os erros, e debitar o ticket alimentação todo de uma vez.

* LANCHONETE: os trabalhadores também reclamam que a alimentação da lanchonete está muito cara. O lanche está superior ao valor do ticket que é de R$ 4,50, e a qualidade não é boa, já que os alimentos vêm de São Paulo e perdem o sabor.

O Sindicato pediu uma maior variação do cardápio, para que os trabalhadores tenham mais opções na hora de escolher o que lhe agrada. A Empresa disse que já está resolvendo essa reivindicação.

* CIPA: o Sinttel contestou a votação da CIPA que aconteceu na Empresa. Realmente houve o comunicado que haveria o processo eleitoral, mas não divulgou as etapas do processo, como: data da votação, apuração, chapa vencedora, e principalmente qual a função e o objetivo de uma Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) dentro de uma empresa de Call Center.

Se a Empresa não sabe, ao implantar uma CIPA, a Empresa deve realizar um curso preparatório, e por lei uma nova eleição deve se repetir anualmente durante a Semana Interna de Prevenção de

Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

7 Comentários

  1. Cordeiro para o Abate

    19 de março de 2014 em 20:45

    Enngraçado q o mesmo sindicato q diz “lutar” pelos interesses dos trabalhadores da Vikstar é o mesmo o qual circulam boatos de que o presidente fez um acordo “amigável” pra fazer vista grossa a favor da empresa (dizem que o presidente da vikstar deu um carro pro lider do sindicato), nunca vou me esquecer da IMORALIDADE que foi o tal “acordo coletivo de trabalho” da Vikstar junto com o sindicato, na moral, eles deveriam é ter VERGONHA pra apresentar um acordo tão imoral pra dizer que o SALÁRIO MINIMO seria o PISO da categoria no estado… pelo amor de deus, o q vcs acham que somos, desinformados? A mesma função na sede principal da empresa em São Paulo é paga com um salario minimo de 900 reais, enquando aqui nós temos que nos contentar com um acordo imoral que diz que o salário de 728 reais é GANHO REAL pra todos os trabalhadores sendo que isso é o SALARIO MINIMO BRASILEIRO OBRIGATÓRIO POR LEI e que EMPRESA ALGUMA PODE PAGAR MENOS QUE ISSO!

    Falam na materia que temos que fazer qualquer tipo de denuncia ao sindicato, engraçado que esse mesmo sindicato a quase dois meses NEM DEU AS CARAS pra investigar as séries de descontos ilegais e sem a menor explicação que a empresa está aplicando aos seus empregados, circulam boatos de que até reparos na propria fossa da empresa os empregados é que vão custear, isso sem contar que quase não há o tal feedback sobre o desempenho das atividades dos funcionarios em suas funções na empresa… caiam na real, “cordeirinhos”, o seu “sindicato” não representa a categoria, não está nem aí pros empregados, apenas pros proprios interesses (como todo e qualquer sindicato). Se alguem se sentir lesado, é só ir denunciar no MINISTÉRIO DO TRABALHO e procurar se informar sobre seus direitos, procurar ler a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) também é bom, já que o maior medo do empresario é um funcionário consciente de seus direitos e deveres.

    Se reclamar é punido, e se calar é punido do mesmo jeito… a quem vamos recorrer, sendo que o proprio orgão que deveria lutar pelos nossos interesses é o primeiro sujo da história?

    Reply

  2. Maria

    26 de maio de 2014 em 21:06

    E o pior e q as atrocidades continuam e ninguém faz nada.
    Outra é que o processo de acordo coletivo foi fraudado no momento em que pessoas que não possuíam vínculo com a empresa tiveram voto no acordo.

    Reply

  3. PABLO DOS SANTOS COSTA

    11 de julho de 2014 em 22:08

    Nenhuma destas reivindicações publicadas acima, estão sendo cumpridas, então peço ao sindicato uma maior apuração dos resultados, e comunicação com os funcionários. assim vai ter as reivindicações oralmente relatadas.

    Reply

  4. Maria do Carmo

    26 de setembro de 2014 em 08:04

    A Vikstar promete aos seus novos colaboradores que a empresa irá fazer processos seletivos internos das quais estando dentro dos pré requisitos o funcionário poderá participar,então me esforcei para me manter em primeiro ou segundo quadante,não faltei,nunca levei uma advertência,quando abriram processo seletivo interno,procurei a ficha com meu supervisor da qual tive que convence-lo que eu estava apta,preenche a fixa,e não fui convocada nem sequer meu nome foi para a lista dos escritos na seleção,procurei saber o motivo,e nada me impedia de participar,apenas me falaram para ter calma e ficar atenta as próximas seleções,ou seja,nada fizeram para concertar o erro interno.o que resultou no meu pedido de demissão no dia 05/09/14,o mais relevante é que só foram dar baixa na minha carteira dia 25/09/14,mais na remissão consta que a data do meu afastamento teria ocorrido no mesmo dia que eu fiz o pedido de demissão,o que resultou,eles descontaram meu aviso prévio,sendo que me deixaram parada em casa durante 20 dias,e me entregaram uma rescisão ZERADA.QUERO SABER ATÉ QUE PONTO O TRABALHADOR SERA PUNIDO POR FALCATRUAS NOS TRAMITES DEMISSIONAIS DA VIKSTAR?

    Reply

  5. Mari

    2 de outubro de 2014 em 21:51

    Eu trabalhava na Vikstar em 2013. Naqueles dias, esse call center, pelo menos na área receptiva da operadora Vivo, estava uma maravilha porque um novo quadro gestor foi nomeado pelo proprietário da empresa. Até assustei ao ler a postagem acima.

    Reply

  6. Agatha

    15 de janeiro de 2015 em 11:21

    As mesma reclamações continua e nada foi mudado pelo contrário só aumenta, as folha d pagamento continua atraso até hj não entregarão a folha d pagamentos do 13 salário esse empresa e a pior de todas quando vamos fala sobre nossos descontentamento com a empresa eles falam não tá feliz pedi as contas. ..

    Reply

  7. Raquel do carmo oliveirs

    10 de maio de 2019 em 19:30

    A vikstar nao faz nem a homologacao direito, nao pagam no dia certo ate hoje e os abusos so pioram..

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Hoje é o último dia para pedir o auxílio emergencial

Para quem ainda não se cadastrou a fim de receber o auxílio emergencial de R$ 600, o prazo…