Trabalhadores da Piauí Conectado denunciam atraso de salários e assédio moral dentro da empresa; SINTTEL busca soluções

Cerca de 350 trabalhadores da empresa SPE PIAUÍ CONECTADO S/A, e suas subsidiárias H TELL e Bão Bing estão vivendo períodos de incertezas, após a empresa decretar intervenção, sem dar grandes explicações para a categoria.
Os trabalhadores denunciaram ao Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Piauí – SINTTEL/PI, que estão com os salários atrasados de novembro e que o Acordo Coletivo vigente está sendo descumprido. Além disso, os trabalhadores relataram que estão sofrendo constrangimentos pela atuação dos interventores ao interrogar e gravar depoimentos em pleno ambiente de trabalho.
O SINTTEL/PI solicitou uma audiência ao Governador do Piauí, Rafael Fonteles em caráter de urgência para tratar dessas denúncias a fim de buscar soluções rápidas e eficazes para proteger e assegurar o direito dos trabalhadores que estão sendo prejudicados.

Larissa Belo
Foto: Divulgação

 

 

 

  • TIM propõe acabar com acordo coletivo

    A comissão Nacional de Negociação da Fitratelp – CNN se reuniu com representantes da TIM n…
Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Novo sistema FGTS Digital entra em vigor nesta sexta-feira

Ferramenta permite que empregador pague o FGTS via Pix Após seis meses de testes, a versão…