Trabalhadores da Piauí Conectado denunciam atraso de salários e assédio moral dentro da empresa; SINTTEL busca soluções

Cerca de 350 trabalhadores da empresa SPE PIAUÍ CONECTADO S/A, e suas subsidiárias H TELL e Bão Bing estão vivendo períodos de incertezas, após a empresa decretar intervenção, sem dar grandes explicações para a categoria.
Os trabalhadores denunciaram ao Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Piauí – SINTTEL/PI, que estão com os salários atrasados de novembro e que o Acordo Coletivo vigente está sendo descumprido. Além disso, os trabalhadores relataram que estão sofrendo constrangimentos pela atuação dos interventores ao interrogar e gravar depoimentos em pleno ambiente de trabalho.
O SINTTEL/PI solicitou uma audiência ao Governador do Piauí, Rafael Fonteles em caráter de urgência para tratar dessas denúncias a fim de buscar soluções rápidas e eficazes para proteger e assegurar o direito dos trabalhadores que estão sendo prejudicados.

Larissa Belo
Foto: Divulgação

 

 

 

  • TIM propõe acabar com acordo coletivo

    A comissão Nacional de Negociação da Fitratelp – CNN se reuniu com representantes da TIM n…
Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Brasil será laboratório para ferramenta de bloqueio de celular do Google

Gigante lançou no Brasil, sem previsão ainda de implantação no resto do mundo, três ferram…