Os especialistas já deram o alerta sobre uma terceira onda da pandemia de coronavírus no Brasil. Porém, muitas pessoas ainda têm dúvidas com relação ao uso correto das máscaras de proteção e qual o modelo mais indicado. A seguir, tire suas dúvidas.

O modelo de máscara mais recomendado é o PFF2 por ser o mais seguro contra o vírus. Esse tipo de máscara filtra 95% das partículas que estão no ar.

As máscaras de tecido são muito variadas, não têm boa vedação e não filtram bem. Mesmo as máscaras cirúrgicas não são suficientes. Elas permitem a entrada e saída de ar pelas laterais e são limitadas contra aerossóis.

Para fazer o uso correto da máscara PFF2 não é preciso colocar outra máscara embaixo dela. Isso prejudica a vedação do rosto. É necessário, simplesmente, que a pessoa ajuste bem o clipe de metal no nariz e que assopre para ver se não está “vazando” ar pelas laterais ou pelo vão acima do nariz.

Mas atenção! Não compre máscaras do tipo PFF2 com válvulas. Compre apenas as que são lisas e dê preferência para as que têm um elástico atrás da cabeça. Dessa forma, a vedação será melhor.

As máscaras do tipo variam muito de preço, mas algumas saem por até R$ 2. Alguns perfis no Twitter e sites ajudam a informar quais são as melhores máscaras com o melhor custo e qual é a mais indicada para cada tipo de rosto. São eles: @qualmascara, @PFFparaTodos, @estoque_pff e www.pffparatodos.com.

Os cuidados mais importantes que devemos ter com as máscaras são os seguintes: deixar a máscara descansando três dias entre cada uso, não lavar, não passar álcool, não deixar no sol e descartar caso esteja com algum rasgo ou com aspecto envelhecido.

Caso o seu acesso à máscara PFF2 seja impossível, procure sempre usar uma máscara cirúrgica com uma de tecido por cima e tome cuidado para que elas fiquem bem ajustadas no rosto.

PFF2 e N95

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a diferença entre as PFF2 e N95. Porém, não existe diferença alguma entre elas, a não ser o nome. N95 é como as máscaras PFF2 são chamadas nos Estados Unidos. Na Europa, o nome é FFP2.

Já a KN-95 deve ser evitada. Ela não tem padrão de fabricação, então é mais difícil controlar sua qualidade.

Fonte: CUT

Artigos Relacionados
Leia mais em CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

O planeta acima do lucro – uma só Terra

Na semana que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Jornada Internacional Anti-imp…