Com recuperação judicial iniciada após a revelação de inconsistências contábeis que levaram a dívida da companhia para mais de R$ 40 bilhões, as Americanas publicaram uma extensa lista de credores que também conta com empresas do setor de telecomunicações.

A operadora com maior saldo é a Claro, com R$ 24,6 milhões reunidos em quatro CNPJs distintos (incluindo R$ 495 mil vinculados à Embratel). Em seguida aparecem Vivo e Brasil Telecom (Oi), também com valores na casa dos milhões de reais; confira abaixo:

Empresa Saldo
Claro R$ 24,6 milhões
Vivo R$ 8,8 milhões
Brasil Telecom (Oi) R$ 3,1 milhões
TIM R$ 48,5 mil
Algar Soluções R$ 4,5 mil
Brisanet R$ 2,2 mil

Outras empresas como TIM, Brisanet e Algar também constam na lista, mas com saldos menos relevantes. Na relação de quase 8 mil credores, 79 empresas com o termo “telecomunicações” no nome ou razão social foram listadas pelas Americanas, além de 77 com a expressão “telecom”.

Também há espaço para fabricantes de aparelhos como a Samsung, com mais de R$ 1,2 bilhão a receber da Americanas. A Motorola tem R$ 160,8 milhões em saldo e a Apple, R$ 98,6 milhões.

De forma geral, entre os maiores credores estão instituições financeiras como Bradesco (R$ 4,5 bilhões), Santander (R$ 3,6 bi) e BTG Pactual (R$ 3,5 bi). O primeiro nome da lista é o Deutsche Bank, com R$ 5,2 bilhões em saldo identificado após o banco atuar como agente fiduciário na emissão de bonds da varejista junto a investidores no exterior.

A complexa equalização da dívida total da companhia será liderada pela nova diretora financeira da varejista, Camille Loyo Faria. A executiva deixou a TIM para a assumir o posto e também atuou como CFO na recuperação judicial da Oi.

Fonte: Teletime

Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Secom recebe Federações para tratar da situação da Oi S/A

O secretário executivo Ricardo Zamora se comprometeu de levar as questões pontuadas pelas …