O número de reclamações de usuários de serviços de telecom recuou 29% em novembro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2021, apontaram dados da Anatel compilados pela Conexis Brasil Digital.

No décimo primeiro mês de 2022 foram registradas 115,1 mil queixas, ou 47 mil a menos do que as protocoladas na agência um ano antes. O maior número de reclamações está relacionado com cobrança, respondendo por 32% do total.

“Mas foram as queixas relacionadas a esse item que registraram a maior queda em novembro, uma redução de 38%”, notou a Conexis. “Nos últimos dois anos, as reclamações por cobrança caíram para menos da metade, passando de 82 mil em novembro de 2020 para 36,4 mil em novembro deste ano”, completou a entidade, vinculando a tendência às medidas de autorregulação do setor.

De forma geral, houve redução das reclamações em todos os serviços de telecom, com destaque para a queda de 28,4% nas reclamações relacionadas à telefonia e banda larga móvel (o serviço com maior número de acessos do setor). O número de queixas desses usuários diminuiu de 86,6 mil para 62 mil.

Já as reclamações relacionadas à banda larga fixa caíram 22,3%, de 38,7 mil para 30 mil, e as relacionadas à TV por assinatura reduziram 20,4% em relação a novembro de 2021.

Série histórica de reclamações desde novembro de 2018. Fonte: Conexis

Fonte: TELETIME

Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Brasil será laboratório para ferramenta de bloqueio de celular do Google

Gigante lançou no Brasil, sem previsão ainda de implantação no resto do mundo, três ferram…