Na próxima sexta-feira (8), movimentos sociais e sindicais vão se manifestar virtualmente pelo Fora, Bolsonaro. E motivos não faltam. Com mais de 100 mil casos de infectados pela Covid-19 e mais de 8 mil mortos pela doença, Bolsonaro ignora as medidas indicadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) deixando exposto o povo à pandemia.

Somado a esse quadro, a crise econômica brasileira que já vinha se acentuando se agrava ainda mais colocando milhões de brasileiros a baixo da linha da pobreza, sem condições e apoio do governo para passar por esse turbulento período. Bolsonaro ainda dificulta o pagamento do auxílio emergencial de 600 reais, aprovado contra a sua vontade.

A sua crueldade vai além. Não há nenhuma ação para o crescimento do desemprego e da desigualdade social.

Ao invés de investir na ciência e tecnologia, seu governo corta bolsas e investimentos na área. A cada entrevista coletiva que dá, ele enfraquece o SUS (Sistema Único de Saúde) única opção que a maioria das pessoas têm para salvar as suas vidas. Para mudar a pauta pública e esconder a sua monstruosidade, ataca países vizinhos e até nações que poderiam ajudar o Brasil a combater o coronavírus, como a China.

Artistas veem as políticas públicas construídas esfarelar e a tentativa de rebaixar a cultura, bem precioso que estimula e dar perspectivas para o povo. Assim como o meio-ambiente é aberta para ações de desmatamento e grilagem com o aval de Bolsonaro e sua base aliada que quer depenar o país.

São muitos motivos para protestar contra o governo Bolsonaro. E, além de somente criticar, os movimentos também apontam soluções para sair desse quadro de aguda crise sanitária, política e econômica.

Constam na programação do dia 8 de maio um debate sobre a taxação das grandes fortunas, debates sobre ações de solidariedade e sobre os desafios da democracia e da liberdade de imprensa.

Programação:

9h30 – Início da Plenária Taxar fortunas para salvar vidas

10h – Ação nas redes sociais por #ForaBolsonaro

Das 14 às 17h – Debates com temas variados nas redes de entidades e movimentos

19h – Debate Fora Bolsonaro com representantes das Frentes e outras representações sobre os rumos da campanha Fora Bolsonaro

20h – Ato nas Janelas: Luto pelo Brasil, Fora Bolsonaro (afixar um pano preto nas janelas em homenagem as vítimas da Covid)

Artigos Relacionados
Leia mais em CUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Brasil será laboratório para ferramenta de bloqueio de celular do Google

Gigante lançou no Brasil, sem previsão ainda de implantação no resto do mundo, três ferram…